Proporção áurea – dos gregos à arquitetura contemporânea

A proporção áurea ou seção áurea é muitas vezes associada à harmonia estética na arquitetura e na arte em geral. O conceito remonta há muito tempo atrás. Inclusive, os gregos já o conheciam e usavam.

MAS EM QUE CONSISTE A PROPORÇÃO ÁUREA?

Matematicamente falando, a proporção áurea é uma constante real algébrica irracional. Ela é obtida quando dividimos uma reta em dois segmentos de forma que o segmento mais longo da reta dividida pelo segmento menor seja igual à reta completa dividida pelo segmento mais longo. O valor da proporção áurea é constituído por 1,6180339887… ou, arredondando, 1,6180.

Talvez a imagem possa ajudar um pouco mais:

E você reparou que a equação que aparece na parte inferior da figura tem uma letrinha esquisita? Essa é a letra grega Phi — ou φ. Inclusive, a escolha dela para representar a proporção áurea tem a ver com o arquiteto e matemático grego Phidias. Acredita-se, que ele tenha empregado o conceito quando projetou o Parthenon, isso lá no século 5 a.C.

A PROPORÇÃO ÁUREA NA ARQUITETURA CONTEMPORÂNEA

A arquitetura contemporânea continuou a usar a proporção áurea em diferentes estruturas. Le Corbusier na década de 40, desenvolveu um sistema de proporções chamado Modulor. Este sistema projetava a proporção de alturas baseada na proporção áurea.

Não só Le Corbusier usou o conceito amplamente, como fez Mies Van der Rohe. Por isso, podemos dizer que a proporção áurea mantém sua validade até hoje. Na arquitetura contemporânea, a proporção áurea é utilizada em diferentes aplicações. Por exemplo, em um círculo dividido em duas seções por dois raios, em que o quociente da divisão do maior ângulo entre a parte inferior seja igual a Phi. A arquitetura aplica isto no declive de picos em duas águas, na angulação de paredes e em uniões de elementos estruturais e decorativos.

A proporção áurea é também muito utilizada atualmente em fachadas. Com isso, é possível atribuir tamanhos proporcionais a janelas, portas, colunas, lajes, arcos, vigas e demais elementos decorativos. Com isso, consegue-se um conjunto visualmente atraente e proporcional em relação à fachada total. Ademais, esta proporção é aplicada na arquitetura contemporânea para o desenho de plantas. Deste modo, é possível conseguir harmonia proporcional ao tamanho total da planta e suas seções. Assim fica mais fácil conseguir proporções adequadas quanto a divisão de ambientes.

G House

Um exemplo do uso da proporção áurea na arquitetura contemporânea é A Casa G (G House) em Ramat Hasharon, Israel. Os autores são os arquitetos do grupo Paz Gersh Architects. É um projeto do ano de 2011 em que o desenho das fachadas foi levantado a partir da análise precisa das proporções usando a proporção áurea. Inclusive, o conceito pode ser visto em toda a casa.

Absalon

Absalon é um projeto desenvolvido em 2006 em Trier, Rheinland-Pfalz, Alemanha, por Denzer & Poensgen. O projeto foi inspirado pelas grandes artes ou “ars magna”. Os quartos, bem como as fachadas e interiores foram projetados seguindo a proporção áurea. Isto resultou em um trabalho com beleza e equilíbrio espetaculares.

Casa Moeda Chinesa

   

Outro exemplo do uso da proporção áurea contemporânea é a Casa da Moeda chinesa localizada em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. O autor é Juan Carlos Menacho Durán e tanto os raios dos círculos quanto as medidas dos retângulos, nas três dimensões – altura, comprimento e profundidade – refletem a proporção áurea.

Sede da Dar

A sede da Dar é um edifício incrível, semiesférico, localizado na Praia de Al Raha, Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos, projetada pela MZ Architects em 2010.

A estrutura consiste em duas fachadas circulares convexas unidas por uma faixa estreita de vidro recortado. Para alcançar estabilidade visual, dinamismo e harmonia, a razão áurea foi aplicada na fachada circular. O projeto foi dividido em um pentagrama em que o corpo humano é justaposta com a cabeça e os quatro membros dos cinco pontos do pentagrama. Graças a isso, os arquitetos também conseguiram encontrar os dois pontos de estabilidade dos pontos circulares da fachada em que o edifício repousa no chão, alcançando o equilíbrio perfeito.

CN Tower

A Torre CN em Toronto, uma das mais altas do mundo e também tem proporção áurea em seu design. A razão da plataforma de observação a 342 metros na altura, em um total de 553,33 é 0,618 ou exatamente Phi.

Casa del Soplo

Finalmente, não podemos deixar de mencionar outro exemplo extraordinário do uso da proporção áurea na arquitetura contemporânea: Casa del Soplo localizado no interior do Caminho de Punta de Águilas, Santiago, Chile e construído em 2011 por Cazú Zegers G.

Esta casa familiar possui áreas curvas projetadas com base em um sistema duplo de proporção áurea, alcançando um resultado extremamente harmonioso.

 

Link: http://44arquitetura.com.br/2018/08/proporcao-aurea-contemporanea/

null

Precisa de um projeto?

OBTENHA UM ORÇAMENTO

Vamos conversar e desenvolver suas ideias e visões.

Design & Build

A Aqcez possui uma equipe qualificada em design & build com projetistas, arquitetos e engenheiros aptos a propor a solução mais rentável e com um impressionante recorde de entrega.